sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

.
.
.

.
.
.

5 comentários:

isabel mendes ferreira disse...

só tu ....para achares que lá está bonito....eu sinto-me tão perdida.... (deve ser de andar doente)....


obrigada, muito e muito.


e a beleza está aqui.

aqui SIM!!!!!!

audrey disse...

querida Isabel,

mal te conheço... vi-te 2 vezes mas, nestas deambulações pela net , criei por ti uma ternura e grande amizade. Se precisares de algo, se precisares de alguma coisa durante a tua doença , eu e os meus amigos estamos à tua disposição.

(aqui há 3 anos estive doente e foram os amigos quem mais me ajudou.
acredita que não são vãs ou falsas palavras. confia em mim para o que precisares).

... e o teu canto é sempre belo e profundo.

Muitas das árvores que por aqui semeio.... são bastantes vezes a pensar em ti.

o branco e as árvores têm a ver contigo, com a tua poesia.....
beijo amigo

Arabica disse...

Sempre uma imagem diferente, uma árvore diferente.


Quem diria que a Rua da Costa tinha tantas árvors? :)

um beijo, bom fim de semana.

poemas de luz disse...

Belíssimas árvores...

Frioleiras disse...
Este comentário foi removido pelo autor.